sábado, maio 28, 2022

No domingo: Björk, especulações quânticas, psicanálise da cismogênese brasileira e pranksters russos ganham a guerra


Se você procura um domingo com especulações quânticas, conexões da psicanálise com a guerra híbrida e análises político-semióticas, então venha participar da Live Cinegnose 360 #57, 29/05, às 18h no YouTube. Nos vinis do humilde blogueiro, encontramos Björk e os Sugarcubes: a dialética negativa no pós-rock. Depois, vamos discutir os filmes “Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo”: multiverso, viagens no tempo e os impactos da física quântica na cultura pop. E o filme “Psicopata Americano”: a psicopatologia foi normalizada no mundo corporativo. Como a psicanálise de Gregory Bateson tornou-se ferramenta da guerra híbrida: cismogênese e surto semiótico-esquizofrênico no Brasil. Conheça os dois “pranksters" russos que estão ganhando a guerra na Ucrânia... e a mídia ocidental ignora. Como a grande mídia assimilou os números da última pesquisa DataFolha. E a crítica midiática da semana e mais Comentários Aleatórios. 

sexta-feira, maio 27, 2022

'Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo': a Matrix na era da computação quântica


Passamos metade da nossa vida cometendo erros, e a outra metade tentando corrigi-los. O impacto da física quântica na cultura moderna foi estender ainda mais a angústia existencial: e se tivéssemos feito outras escolhas? Quais teriam sido minhas outras linhas do tempo? Viagens exponenciais no tempo e multiversos são os impactos na cultura pop de paradoxos quânticos como “o gato de Schrödinger” e a Interpretação dos Muitos Mundos de Hugh Everett. “Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo” (2022) é uma rara visão cinemática que extrapola ao limite esses paradoxos: uma estressada sino-americana dona de uma lavanderia quase falida e com relações familiares em crise é arrastada para uma batalha cósmica em um anárquico redemoinho narrativo de multiversos - uma verdadeira Matrix da próxima era da computação quântica.

quarta-feira, maio 25, 2022

Em "Psicopata Americano" a psicopatologia foi normalizada no mundo corporativo


Vinte e dois anos depois, o filme “Psicopata Americano” (American Psycho, 2000) permanece tão afiado como sempre foi. Tanto o livro quanto o filme passaram por uma odisseia de produção, como uma batata quente pulando de uma mão para outra. Até finalmente virar um filme não só sobre narcisismo e materialismo de um Yuppie dos anos 1980. Mas uma metáfora atemporal sobre a loucura do trabalho no capitalismo flexível de aquisições e fusões: a corrosão do caráter, personalidades manipuladoras, frieza, amoralidade e a compulsão psicótica em literalmente superar a concorrência matando rivais. Com o auxílio de todo arsenal da literatura de autoajuda, manuais sobre sucesso etc. Porém, a principal piada de toda sátira de “Psicopata Americano” é que ninguém parece notar que há algo errado com ele. A psicopatologia foi normalizada pelo mundo do trabalho. 

sábado, maio 21, 2022

No domingo: Bauhaus, falhas na Matrix, woke exploitation da Globo e... o que Musk veio fazer no Brasil?


Se você é um sobrevivente desta distopia chamada Brasil, então tem encontro marcado com a Live Cinegnose 360 desse domingo, 22/05, às 18h, no YouTube. Já que falamos em distopia, vamos começar com a banda Bauhaus, na sessão dos vinis do humilde blogueiro: por que a cada década a indústria do entretenimento explora tendências depressivas dos jovens? Depois, vamos discutir os filmes “Spree” (a uberização da busca da fama e do ego) e o novo clássico “A Fita Branca” (quando não percebemos que o Mal cresce sob nossos pés). Houve uma falha na Matrix em 1965? - O caso da matéria “Computers for Everyone” da revista “Eagle”. O que Elon Musk veio fazer no Brasil? – a suspeita lista de empresários do encontro. Por que a Woke Exploitation da TV Globo não passa da página dois? E mais: comentários aleatórios e crítica midiática da semana.

sexta-feira, maio 20, 2022

Bandeira "woke exploitation" da TV Globo não passa da página dois


Ao vivo, com imagens aéreas, o telejornal local da TV Globo acompanhou a reintegração de posse no Centro de São Paulo: sob a truculência de escudos e armas antimotim da PM, 250 famílias foram despejadas às vésperas do dia mais frio do ano. Em sua maioria, mulheres e crianças negras, pobres. A cobertura foi anódina, sem repercussão nacional, apesar do termômetro do jornalismo da emissora, o dominical Fantástico, ter se convertido em um show de “woke exploitation” e as questões identitárias terem tomado a pauta. A bandeira woke da emissora não passa da página dois: negros, trans, mulheres etc. podem se organizar, protestar e levantar suas bandeiras. Tudo, menos fazer a mesma coisa no campo político da luta de classes por direitos civis e econômicos. No fundo, é uma estratégia de comunicação casada com a de Bolsonaro: empurrar as eleições para a guerra cultural. Mas também, outras pautas da grande mídia não têm passado da página dois: a terceira via e a urgência climática da União Europeia.

quinta-feira, maio 19, 2022

O Mal silencioso que cresce sob nossos pés em "A Fita Branca"



Muito já foi escrito sobre as raízes do nazifascismo – banalidade do Mal, personalidade autoritária, ressentimento coletivo etc. Mas poucos filmes foram tão profundo na questão como o filme de Michael Hanake “A Fita Branca” (Das weiße Band - Eine Deutsche Kindergeschichte, 2009) ambientado em uma vila rural no norte da Alemanha alguns anos antes de explodir a Primeira Guerra Mundial. São duas horas e meia de um mergulho na alma de uma vila extremamente religiosa, moralista e temente a Deus. Mas algo profundamente perverso e maligno está crescendo no subterrâneo daquela comunidade. Justamente onde deveria haver inocência e esperança: as crianças, que no futuro serão a primeira geração a apoiar o nazismo.

quarta-feira, maio 18, 2022

A uberização do ego no filme 'Spree'



“No futuro, todos terão 15 minutos de fama”, profetizava Andy Warhol. Ele só não contava com a precarização da busca da fama, assim como ocorre com motoristas de aplicativos. A consequência é a “uberização do ego”, construído a partir dos obscuros algoritmos e métricas das redes sociais e plataformas. Esse é o tema de “Spree” (2020), um híbrido de crítica social e terror slash com muito humor negro. Para Kurt Kunkle, toda vida é “conteúdo” para ser transmitido. Seu valor como humano é medido por quantas pessoas sintonizam suas transmissões ao vivo ou "curtem" seus vídeos. Porém, como tornar a si próprio viral? Depois de dez anos com apenas dois dígitos de seguidores, Kurt cansou de gritar no vazio: vira motorista de aplicativo e espalha câmeras pelo carro para transmitir em tempo real o destino sangrento de seus passageiros.

sábado, maio 14, 2022

Live de domingo: vinis do U2, lawfare no doc e filme 'The Staircase', terror, psicanálise e realidades paralelas econômicas


Neste domingo (15/05), mais vinis, análise de filmes e séries e bombas semióticas que alopram a política brasileira. A Live Cinegnose 360 de domingo, 16h, no YouTube começa com os vinis da banda U2: do messianismo cristão à bomba semiótica do “Sim!”. Depois a série “Bem-Vindos ao Éden” (Publicidade, Marketing, seitas e a releitura gnóstica do Genesis bíblico) e o filme estranho “Boa Noite, Mamãe!” (a matriz edipiana do gênero terror). No quê o lawfare de guerra híbrida do Deep State dos EUA se inspirou? Então vamos discutir o doc e filme “The Staircase”. Extra! Grande mídia cria realidades paralelas econômicas que superam a própria física quântica! E a crítica midiática da semana em mais um tijolaço de domingo!

Grande mídia cria realidade paralela econômica



Inflação, desemprego e fome estão diariamente nas manchetes da grande mídia. Mas isso não significa que, finalmente, a crise econômica está repercutindo no jornalismo corporativo. É possível ocultar a realidade, mesmo mostrando aquilo que se deseja ocultar. Torções nos números e malabarismos semióticos estão fazendo surgir insólitas realidades paralelas: no mundo macroeconômico, em média tudo está bem; e no cotidiano microeconômico acompanhamos “flagelados” de alguma catástrofe natural bem longe da economia: pandemia, guerras, clima etc. “Flagelados” à espera da privatização da miséria: o voluntariado de ONGs e entidades assistenciais que completam o fechamento operacional se um sistema que faz a Economia perder seu próprio objeto. 

quinta-feira, maio 12, 2022

A freudiana fantasia da vingança contra a "mãe má" no filme 'Boa Noite, Mamãe!'



Uma das características do filme estranho (“Weird Movies”) é aquele que não permite ao espectador o mecanismo psíquico básico do entretenimento, a identificação: afinal, quem o mocinho e o bandido? Além de estabelecer uma fina fronteira entre a realidade e o imaginário através do observador/protagonista não confiável. O filme de terror austríaco “Boa Noite, Mamãe!” (Ich Se, Ich Se, 2014) é um bom exemplo: como o vínculo universalmente inquebrável entre mãe e filhos pode ser desconstruído pela freudiana fantasia de vingança da criança contra a “mãe má”. Gêmeos veem sua mãe retornando para casa após uma cirurgia facial, com o rosto totalmente enfaixado. Logo, começam a suspeitar que aquela mulher pode não ser a sua mãe. Incomunicabilidade e a quebra do elo geracional na sociedade, somado à matriz edipiana, são os elementos do qual o gênero do terror atual se inspira. 

quarta-feira, maio 11, 2022

A releitura gnóstica do Paraíso bíblico na era das mídias sociais na série 'Bem-vindos ao Éden'


Publicidade cada vez mais se aproxima das seitas e religiões. Assim como essas, a Publicidade não oferece mais produtos, mas agora “experiências” que prometem autoconhecimento e uma nova vida, tentando “espiritualizar” o consumo. Na série Netflix espanhola Netflix “Bem-Vindos ao Éden” (2022- ), uma festa em uma ilha que aparenta ser uma ação de marketing de uma nova bebida energética para jovens selecionados nas redes sociais, revela que por trás está uma seita baseada na nova religiosidade ecumênica global: espiritualismo New Age combinado com ambientalismo que promete a “salvação” do apocalipse climático. Prisioneiros em uma ilha paradisíaca numa série que faz releitura CosmoGnóstica do Paraíso bíblico para a geração das mídias sociais. 

sábado, maio 07, 2022

Live: Vinis do Gênesis - do esotérico ao pop; Gamecracia e memética; manipulações cognitivas e terrorismo eleitoral


Esse país não deixa o Cinegnose em paz... por isso, como sempre, a pauta da Live Cinegnose 360 está cheia! O “set list” desse domingo (08/05), às 18h, no YouTube, será esse: vinis do humilde blogueiro do rock progressivo do Gênesis – do cult esotérico ao pop profano. Depois a série “Outer Range” (Cronos e o Tempo na mitologia grega e na modernidade) e o filme “Ruby Sparks” (Pigmaleão e o Divino Feminino gnóstico). O fenômeno político da Gamecracia e a Memética: o estudo formal dos memes. Brasil em transe! Pânico! Mais uma contagem regressiva para o golpe militar contra as eleições... só que não: o telecatch da profecia autorrealizável e da tática de agendamento midiático para fazer Paulo Guedes e a crise econômica sumirem... e a crítica midiática da semana. Venha participar da Live Cinegnose 360. Nunca o bicho é tão feio quanto parece!

Agenda setting e a profecia autorrealizável do "golpe" ou... como fazer Paulo Guedes sumir


Sobe a temperatura de um país em transe, aterrorizado pela iminência de um golpe militar contra as eleições Enquanto isso, nas telas da grande mídia os “colonistas”, agora com sangue nos olhos depois que Lula virou capa da revista Time, gritam que ele só “erra”, está “fora de forma” e sua campanha está “em crise”. Aproveitando a bagunça, o ministro Paulo Guedes sai de fininho, aliviado por não lhe cobrarem a conta da fome, desemprego e inflação. Mais uma vez, jornalismo corporativo e PMiG põem em ação as estratégias de comunicação de “agenda setting” e “profecia autorrealizável”. Deu certo no golpe contra o segundo governo Dilma ao criarem a crise econômica autorrealizável. E agora repetem num ano eleitoral para aloprar o cenário político com um telecatch que oculta duas coisas: desde 2018 as eleições já estão tuteladas pelo PMiG (o golpe militar já ocorreu e as instituições não funcionam mais) e a crise econômica neoliberal – transformada em catástrofe natural pela grande mídia. 

quinta-feira, maio 05, 2022

Pigmaleão e o mito gnóstico do Divino Feminino no filme 'Ruby Sparks - A Namorada Perfeita'


O mito de Pigmaleão (o escultor que se apaixonou pela própria obra em busca da mulher ideal) tem atraído diversos artistas, produzindo diversas releituras. Uma delas é o filme “Ruby Sparks - A Namorada Perfeita” (2012), escrito, dirigido e estrelado por Zoe Kazan – um jovem escritor com um sucesso comercial aos 19 anos sofre bloqueio criativo para manter a imagem mercadológica de gênio. Sua musa ideal aparece em sonhos e finalmente o inspira para começar um novo livro. Até ela misteriosamente se materializar, controlada pelas palavras que o escritor datilografa em sua velha máquina de escrever. O jovem escritor é prisioneiro daquilo que a psicologia já definiu como “Efeito Pigmaleão” e “Profecia Autorrealizável”. Porém, “Ruby Sparks” vai além: conecta a mitologia de Pigmaleão com o mito gnóstico do Divino Feminino (Sophia) e com o arquétipo contemporâneo do “Viajante”. 

quarta-feira, maio 04, 2022

A mitologia de Cronos e um buraco na ilusão do Tempo na série 'Outer Range'


Deus existe? E se existe, por que deixa coisas ruins acontecerem? Por que nos sentimos abandonados por Deus? Por que o Universo é eterno é nós somos finitos? Qual a natureza de um misterioso buraco sem fundo que surge em pleno pasto de uma fazenda no Wyoming? Inspirado na antiga mitologia grega de Cronos (um Titã que se tornou o “Deus do Tempo”), a série da Prime Video “Outer Range” (2022- ) é povoado por personagens angustiados com essas questões, entre a Metafísica, a ficção científica e os tropos clássicos do gênero Western. Um misterioso buraco que parece ligar ao Tempo Eterno (anterior a Cronos) e a feroz disputa territorial entre duas famílias de fazendeiros faz da série uma aposta sobre questões filosóficas e gnósticas: o Tempo como um acidente na Criação, da qual só podemos escapar se conseguirmos perceber aquilo que os gregos antigos chamavam de “Kairós”: o “acontecimento único”.

Tecnologia do Blogger.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Bluehost Review